PROC 1V.jpg

TOXINA BOTULÍNICA

A toxina botulínica, conhecida popularmente como botox, é uma substância produzida a partir de uma proteína derivada da bactéria Clostridium botulinum, a qual possui propriedades que ajudam a inibir temporariamente a contração ou a força dos músculos. Desta forma, sua principal indicação é para tratamento de rugas de expressão causadas pelos movimentos repetitivos dos músculos da face. Lembrando que as rugas podem ser dinâmicas, aquelas que aparecem com as expressões faciais, ou estáticas, quando ficam evidentes mesmo sem expressão ou movimento do rosto.

Seu uso para rugas da testa, da região dos olhos - os famosos pés-de-galinha - já é consagrado, mas também é possível obter excelentes resultados para o contorno da mandíbula, rugas no pescoço, queda do canto do lábio, sorriso gengival. Podemos também mudar ou realçar o formato das sobrancelhas, elevando levemente seu canto externo, o que confere um olhar mais rejuvenescido e mais atraente. Além de tratar a ruga já formada, outro benefício muito grande é o de prevenir a formação de novas rugas, sendo assim, a aplicação em pacientes mais jovens também é recomendada, sempre após avaliação médica.

 

A toxina botulínica também pode ser utilizada para o tratamento do bruxismo e da hiperidrose (suor excessivo) das axilas e das mãos, com ótimos resultados.

Com os avanços nas técnicas de aplicação, hoje é possível um botox extremamente natural, sem que ocorra a paralisação completa da musculatura e o congelamento da expressão. A expressão facial ficará mais relaxada, mas de forma alguma, imóvel. Os efeitos iniciais tornam-se visíveis entre 48 e 72 horas após o tratamento, podendo levar até 15 dias para um efeito completo. O retorno da função muscular varia conforme a idade, o uso de medicamentos, a prática de atividades físicas e as características de cada paciente, com duração média de 4 a 6 meses. 

 

A toxina botulínica é sinônimo de beleza e bem estar, sendo hoje o procedimento estético mais realizado no Brasil e no mundo.

 
 

PREENCHIMENTO FACIAL

O envelhecimento facial infelizmente irá ocorrer em todos nós e ele depende de vários fatores. As características genéticas desempenham um importante papel no grau de envelhecimento e na força com que esses eventos irão ocorrer. As alterações ocorrem em todas as camadas da face. A pele fica mais fina, o tecido celular subcutâneo sofre uma atrofia, ou seja, diminui o volume de gordura e ela sofre uma queda, e os ossos sofrem uma reabsorção que leva a diminuição da sua função de sustentação. Além disso as fibras de colágeno e de elastina também se reduzem, o que leva a diminuição da elasticidade e firmeza da pele, surgindo vincos e rugas. A lei da gravidade não perdoa... A musculatura da face com o tempo se desloca inferiormente - devido a toda essa perda de volume - invertendo o triângulo da beleza e distorcendo o contorno mandibular.

 

Mas calma! Nem tudo são perdas. Ao longo dos anos a indústria da beleza desenvolveu diversos produtos. Os preenchedores existem, são seguros e, quando bem aplicados, têm ótimos resultados, basta usá-los com sabedoria e bom senso.

 

O ácido hialurônico é o mais popular dentre os preenchedores e, também, o menos nocivo pelo seu baixo índice de formação de nódulos e dermatites. Ele é um implante temporário, ou seja, reabsorvível após cerca de 12 a 18 meses. Seu uso tem o objetivo de restaurar o volume, corrigir rugas da face, melhorar a simetria facial, contorno e volume labial. Com isso podemos retardar e até tratar os sinais do envelhecimento ou, simplesmente, embelezar.

 

É o material de escolha quando o paciente pede, acima de tudo, naturalidade. Para que isso aconteça, é realizada uma avaliação, o planejamento e o mapeamento dos pontos de sustentação facial, os quais receberão as aplicações do ácido hialurônico.

 

A dor percebida durante o procedimento é mínima e pode ser aliviada com o uso de anestésicos tópicos e gelo. O procedimento é rápido, com resultado é imediato. Eventualmente podem acontecer pequenos edemas ou equimoses (roxinhos), que são reabsorvidos pelo organismo entre 2 e 5 dias.

SKINBOOSTER • HIDRATAÇÃO INJETÁVEL

O Skinbooster é um tipo de ácido hialurônico, que quando injetado dentro da derme ou logo abaixo dela, tem a capacidade de atrair moléculas de água e “inflar”. Isso leva à hidratação cutânea e ao estímulo de colágeno. É feito inicialmente em três sessões (em média) com intervalos de 30 dias entre elas e depois semestralmente. Trata-se de um excelente método para restaurar a pele que apresenta desidratação, alterações de textura, perda de elasticidade e viço.

PROC 2V.jpg
 
PROC 3V.jpg

BIOESTIMULADORES DE COLÁGENO

Os bioestimuladores de colágeno servem para restaurar a firmeza e a sustentação da pele, além de melhorar o contorno facial e suavizar os sinais do envelhecimento. Seus resultados são notados após 30 a 90 dias da aplicação - já que o produto precisa estimular as células a produzirem colágeno - e duram em média 24 meses.

SCULPTRA

É o nome comercial do Ácido poli-L-lático, que induz à produção de colágeno e confere firmeza, além de um toque mais rígido à face. Muito usado para aqueles pacientes que já apresentam os primeiros sinais de flacidez, mas que não tem indicação de lifting cirúrgico ou outro procedimento mais invasivo. Podemos dizer que é um “firmador” de face.

 

Um dos produtos mais versáteis, pode ser utilizado de duas formas. Quando injetado na derme profunda (a segunda camada da pele), o produto ficará em contato com os fibroblastos, células produtoras de colágeno - substância que dá sustentação e firmeza a pele. O resultado é um aumento significativo e muito agradável, esteticamente, da espessura da pele, suavização das marcas e linhas de expressão, gerando um incrível efeito lifting.

 

Quando aplicado mais profundamente, teremos um efeito de volume, como um preenchedor, ou seja, realce de maçãs do rosto, linha e ângulo da mandíbula, queixo. O efeito é um rosto mais angulado, com as “áreas da beleza” realçadas e um semblante mais marcado.

 

O número de sessões, assim como a quantidade de produto aplicada em cada sessão, é uma decisão médica que leva em consideração particularidades de cada paciente. Em média, são necessárias de 2 a 3 sessões de aplicação inicialmente, com intervalo de 4 a 6 semanas entre elas.

 

Os resultados são realmente belíssimos. É um produto biocompatível - que não prejudica o organismo - e biorreabsorvível, sendo inteiramente absorvido pelo organismo com o passar dos meses, após a aplicação. Dura de 2 a 3 anos, sendo indicado, após este período, 1 sessão anual para manutenção do resultado.

 

Os efeitos adversos mais comuns estão relacionados à aplicação do produto: discreto sangramento, equimoses e vermelhidão local. Todos eles são transitórios, desaparecendo em média de 3 a 10 dias após sua aplicação. A formação de pequenos nódulos, visíveis ou palpáveis, pode ser observada em raras ocasiões. O paciente deve massagear a região tratada por 5 minutos, 2 vezes ao dia, durante 5 dias.

RADIESSE

A hidroxiapatita de cálcio é um preenchedor de longa duração, composto por microesferas homogêneas de hidroxiapatita e de um gel carreador de carboximetilcelulose. É um produto biocompatível, atóxico, biodegradável e considerado pelo FDA como de longa duração (média de 14 meses). Foi lançado em 2006 no Brasil, onde tem sido usado desde então para a correção de vincos profundos, rejuvenescimento de pescoço, colo, mãos, parte interna dos braços e joelhos e diferentes regiões da face para minimizar os sinais de envelhecimento, como o craquelado.

 

É também um excelente estimulador de colágeno, quando em contato com os leitos mais profundos da derme, promovendo firmeza. As microesferas conferem o efeito a longo prazo, uma vez que estimulam a produção de colágeno do organismo, melhorando a firmeza e viço da pele e também gerando um efeito lifting. A durabilidade desses efeitos costuma ser maior, podendo durar de 18 a 24 meses.

 

PEELING QUÍMICO

O peeling é um procedimento não invasivo que visa melhorar a aparência e a textura da pele. Também melhora os sinais de envelhecimento, corrige pequenas manchas e danos causados pelo sol, irregularidades da pele e melhora cicatrizes de acne. É um procedimento químico realizado com a aplicação de ácidos que provocam reações na pele, tais como branda descamação e remoção da pele em diferentes níveis, dando ao rosto uma nova pele, com um aspecto mais uniforme e jovem. O peeling é muito utilizado em conjunto com outros procedimentos faciais, pois incrementa significativamente os resultados.


O tipo de ácido e a forma de aplicação são definidos individualmente e especificamente para cada tipo de pele e paciente. É possível que o paciente sinta dor leve, variável conforme tipo de ácido e aplicação.


Após um peeling haverá descamação da pele, a intensidade e o prazo da descamação depende do produto aplicado e da intensidade do peeling. Após o procedimento é muito importante o uso de protetor solar, conforme orientação médica.

PROC 4.jpg
 
PROC 5.jpg

MICROAGULHAMENTO • IPCA

O microagulhamento ou Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas (IPCA) é um procedimento que consiste em microperfurações da pele com finas agulhas metálicas. A lesão na pele causada pelas agulhas, leva a um processo de reparo e cicatrização, que no final levam a indução de colágeno e de outras fibras naturais na pele, bem como o espessamento da epiderme. As principais indicações do microagulhamento são cicatrizes (especialmente as de acne), estrias, rejuvenescimento da face, pescoço, mãos, rugas, melasma e estrias.


A técnica pode ser feita por rollers (mais comum) ou canetas elétricas, sempre com agulhas estéreis. O procedimento é realizado com creme anestésico ou bloqueio anestésico.


Cada caso deve ser avaliado, mas usualmente é indicado um sequência de aplicações com intervalos regulares (comumente mensais), para melhor resultado.
 
A recuperação é rápida, mas edema e vermelhidão são comuns e melhoram em torno de 3 dias. Não se deve aplicar maquiagem por 24-48h, já protetor solar deve utilizado a partir do dia seguinte ao do procedimento.